Em cumprimento ao decreto municipal n° 659/2020 de Santana-AP, que “Institui regime emergencial de intensificação das medidas de restrição de locomoção de pessoas (lockdown) com normas de isolamento rígido no município de Santana, visando a contenção do avanço da pandemia do novo coronavírus – COVID-19 (…)’, com validade até 28 de Maio, a prefeitura comunicou ontem (22) que prosseguirá com as ações de orientação e fiscalização no perímetro urbano.

Na prática, somente veículos dos serviços essenciais e pessoas com justificativas aceitáveis, detalhes esses discriminados no decreto, poderão circular pelas vias públicas. O objetivo da ação é conter o avanço do contágio do coronavírus. Para tanto, o município fechou parcerias com órgãos da segurança pública e da saúde, do governo estadual.

O lockdown (confinamento total) conta, especificamente, com o auxílio logístico e estratégico da Superintendência de Transporte e Trânsito (STTRANS), Defesa Civil, Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e também, do Rotary Internacional.

Na última quinta-feira (21), conforme levantamento do município, foi alcançado o índice de 57,4% de isolamento social, porém a meta almejada é de 70%. Um conjunto de medidas rígidas está sendo desenvolvido. Só podem circular pessoas que trabalham em atividades essenciais,  que estiverem indo à farmácia, comércios de produtos alimentícios ou ao caixa eletrônico. Todas devem estar usando máscaras de proteção. Para os veículos automotivos, há um rodízio, conforme critérios do decreto.

A solenidade de apresentação

Ocorreu na quinta-feira (21) e teve como foco a apresentação dos órgãos e agentes envolvidos na operação. A sede do 4° Batalhão da Polícia Militar de Santana foi o palco da cerimônia. Durante as falas, autoridades proferiram mensagens de motivação e encorajamento aos profissionais que trabalham diretamente na linha de frente. Terminada a solenidade, os agentes deram início às suas atividades, dirigindo-se às respectivas barreiras sanitárias já instaladas.

Elcides Vales, Coordenador do Comitê de enfrentamento à Covid-19 em Santana, motivou os envolvidos na campanha: “Temos 100% de união das forças públicas para realizar as medidas necessárias do isolamento social. Com a aferição de temperatura nas barreiras sanitárias, fiscalização das placas no rodízio de veículos e o trabalho coercitivo das polícias, vamos conseguir conter esse vírus”.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here