Os produtores do município de Bom Jesus do Itabapoana/RJ, estão se reinventando. Sem a possibilidade de vender os seus produtos nas feiras livres, proibidas em razão da quarentena, os produtores agora podem trabalhar com delivery.

 

Como a necessidade é a mãe da invenção, como diz o dito popular, a prefeitura do município resolveu inovar em tempos de pandemia. Graças a criatividade da Prefeitura e dos agricultores, que além de conseguirem gerar lucros, mantendo o trabalho, ainda levam alimentos frescos para a mesas dos moradores.

 

 Os agricultores agora contam com um Disk-entrega. Todos os agricultores que participavam da Feira Livre, organizada pelo Instituto Federal Fluminense, agora fazem parte do serviço de entrega.

 

O sérvio além de seguro, tanto por evitar contato direto com as pessoas quanto por diminuir a quantidade de vezes em que uma pessoa precisa ir a rua, o serviço também garante bastante conforto e comodidade para os moradores da região.

 

A população pode fazer sua encomenda e receber todas as terças-feiras, tanto pela tele-entrega quanto pelo whatsapp. Essa nova modalidade de serviço para agricultores tem sido utilizada em vários setores da economia em diversas partes do país.

 

Situação dos entregadores no Brasil

 

Desde o início da pandemia, os serviços de entrega foram supervalorizados. Embora os profissionais da entrega, extremamente importantes para o bem estar e proteção da população,L não sejam reconhecidos como merecem. 

 

Os entregadores e motoristas de aplicativos, que também fazem parte da categoria de entrega de alimentos, também foram prejudicados com a decisão do presidente Jair Bolsonaro de excluir a categoria do pagamento do auxílio emergencial.

 

Além disso, antes da obrigatoriedade do uso de máscaras no país, muitos trabalhavam sem nenhum tipo de proteção física, nem mesmo uma pequena garrafa de álcool em gel. Alguns providenciaram os EPIs por conta própria, para garantir uma barreira mínima contra o vírus.

 

Entretanto, ao menos, a necessidade de proteção contra o vírus já é obrigatória, desde a instauração da obrigatoriedade das máscaras, em todo o país. Contudo, ainda há um longo caminho a ser percorrido. Agora, a oposição ao Governo Federal luta para derrubar a decisão presidencial que prejudica entregadores e motoristas de aplicativos, em geral. Enquanto isso, esses profissionais seguem trabalhando para atender a população o mais rápido possível.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here