O município de Brasilândia, no estado do Mato Grosso do Sul, não registra casos de COVID-19 desde o último dia 12, assim como os pacientes que tiveram diagnóstico confirmado já estão curados. Partindo deste cenário, o prefeito, Dr. Antonio Thiago,  decidiu hoje (26) rever algumas medidas que haviam sido tomadas para evitar a contaminação pelo vírus e assinou quatro novos decretos, que suavizam as decisões anteriores.

Sobre o comércio

O toque de recolher passa a ser das 22 às 05 horas. Durante as atividades, o uso de máscara de segurança em locais públicos e privados continua obrigatório. O contingenciamento – limite de produção e comercialização de produtos – e as regras de funcionamento variam de acordo com o ramo do estabelecimento e foram especificados no Decreto 5190/2020.

Continuam proibidas as aglomerações em comércios de bebidas alcoólicas, fast food e autoatendimento, tais como bares, lanchonetes, conveniências, sorveterias, pastelarias, padarias e distribuidoras de bebidas.

Academias de atividade física

As academias e similares podem, a partir da data de hoje, retomar as suas atividades, desde que obedeçam as seguintes orientações: limite de, no máximo, cinco pessoas simultaneamente, por hora, com agendamento prévio; desinfecção dos aparelhos após o uso de cada aluno; cada usuário deverá estar munido de garrafa de água individual  e usando máscara de proteção. Fica desaconselhado o atendimento de idosos ou quaisquer pessoas que se enquadrem no grupo de risco para a COVID-19.

Feiras

A ‘Feira do Produtor’ voltará a funcionar a partir de amanhã (27), duas vezes por semana, com alternância de dois locais para a sua realização, devendo sempre se encerrar até as 21 horas. Feirantes na condição gestante e/ou lactante, maiores de 60 anos, acometidos de comorbidades ou doenças crônicas e pessoas com sintomas de gripe ou resfriado não poderão comparecer ao espaço. O parque infantil não será reaberto e nenhum produto poderá ser consumido no local, para evitar que os compradores se aglomerem.

Igrejas e templos religiosos

Poderão retomar suas atividades a partir da próxima quinta-feira (28), com público de 30% da capacidade total do local, para que o espaço entre as pessoas possa ser de 1,5 metro. Os estabelecimentos terão de disponibilizar álcool em gel a 70% para a higienização das mãos dos presentes, que deverão, obrigatoriamente, estar usando máscaras durante toda a cerimônia.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here